CINCO DICAS INFALÍVEIS PARA VOCÊ DAR A VOLTA POR CIMA:

Por:Isabela Freitas 

1- O oposto de amor é a indiferença, e não o ódio
Cole essa frase no seu guarda-roupa, tatue na testa, imprima em folhetos e distribua pelos quatro cantos do mundo! Estou cansada de ver meninas por aí xingando seus ex namorados de todos os nomes, dizendo que beijavam mal, que eram ruins de cama, que nunca deram conta do recado e claro, a frase mais clássica de todas “Como eu era cega!”. Não meu bem, você não era cega. E sim, você estava naquele relacionamento porque QUIS, porque GOSTAVA, porque ERA BOM. Não tem problema algum se ele disse que não queria mais, o que não cola é você dizer por aí que não gosta mais dele sendo que foi ele quem terminou né? E isso vale tanto para aquelas que terminam. Por que falar mal de uma pessoa que esteve ao seu lado, que te apoiou e incentivou quando você mais precisou? Por que falar mal de alguém que um dia você considerou ideal para estar ao seu lado? Entendem? Não faz sentido. E acreditem, as pessoas reparam muito nisso. Toda vez que uma amiga vem falar mal de ex namorado comigo eu penso“Coitada, apaixonada nele até hoje.” Portanto, usem mais a indiferença. Não falem do falecido em qualquer oportunidade que aparecer e se perguntarem por ele apenas responda o necessário.“Ah, não estava dando certo mais. Mas desejo tudo de bom pra ele.” Viu ele na rua? Nada de virar a cara, cumprimente educadamente. Não tem como dar a volta por cima sem indiferença, lembrem-se disso.

2- Esqueça as redes sociais dele e por favor, sem indiretas
Não tem como esquecer uma pessoa se você atualiza a página dela de 5 em 5 minutos, não é mesmo? Eu sei que é mais forte do que nós dar aquela olhadinha e ver como está a vida dele… Mas resista. Aposto que isso vai te livrar de algumas decepções! Homem quando termina relacionamento sai adicionando todas piriguetes da cidade, vai em todas as baladas possíveis e quer gritar toda sua masculinidade para o mundo. Deixe ele, afinal, se ele está fazendo isso somente pra te atingir… Vai errar o alvo. Porque você não vai estar se preocupando com isso. Quanto as indiretas, não preciso nem dizer né? Postar frases da Clarice Lispector o dia inteiro, de uma tal de Isabela Freitas, Tati Bernardi… Gente, isso é muito manjado! Sempre quando vejo alguma garota postando frases de indireta no Facebook eu já sei que ela tá com algum tipo de recalque. Sem contar que a cada indireta que você posta o ego do seu ex namorado vai lá nas alturas. Sério que vocês querem isso? Acho que não né.

3- Nada de ir pra balada todo dia
A não ser que você já fosse assim antes (baladeira, baladeira mesmo. Essas que vão pra balada no mínimo três vezes por semana!), não faça isso. As pessoas notam que você está forçando um comportamento “desapegada” e percebem o desespero por trás disso. Se você nunca foi muito de ir para a balada, termina um relacionamento e de repente vira o arroz da boate da sua cidade, sim, as pessoas vão notar que você está querendo mostrar para seu ex namorado que você está super feliz, bem, vivendo a vida louca… Só que ao contrário. Isso expõe toda sua dor, sua frustração. Então por favor meninas, querem curtir a balada com as amigas? Ok, super incentivo! Mas não vejo necessidade de ir quinta, sexta e sábado e ainda tirar fotos pra esfregar no Facebook. Você não precisa provar nada pra ninguém, lembre-se disso. Ah, e nem preciso dizer que todo mundo acha ridículo mulher bêbada caindo pelos cantos né? Isso é desespero na certa.

4- É proibido ficar com amigos do ex ou ficar com alguém na frente dele
Eu gostaria de um estudo aprofundado que me explique porque algumas mulheres gostam de ficar com amigos do ex namorado pra se sentirem por cima. Amiga, você não está por cima ficando com o amigo dele.  Você vai ser sempre aquela que “rodou” no grupinho deles, é, isso mesmo. Se você acha que está atingindo alguém fazendo isso, pois te digo, só está atingindo a você mesma, à sua reputação. E esse lance de ficar com alguém na frente do ex namorado só pra parecer que superou? Pára né. Não vejo necessidade alguma de você esfregar na cara do ex que está feliz, bem e com outra pessoa. A não ser que isso ocorra de forma natural e que tenha a maturidade de sair de perto dele assim que perceber a situação. Claro que não estou dizendo para você nunca mais ficar com alguém na frente dele, mas poxa, com pouco tempo de término isso se torna algo desnecessário e infantil.

5- Aceite que etapas terminam para que outras comecem e foque sua vida em você!
E claro, eu não poderia deixar de falar isso. Tudo na vida tem seu fim. Até o relacionamento mais perfeito e duradouro um dia acaba, afinal, ninguém é eterno né? Aceite que etapas acabam para que outras comecem. Veja a vida com outros olhos, esqueça o passado, dê um sorriso e se prepare para o presente. Foque em alguma atividade, algo que te faça bem, que te faça crescer. Escreva textos, matricule-se em uma academia, comece um trabalho novo, ajude animais desabrigados, faça trabalho voluntário! Não importa o que você faça, mas faça algo que ocupe seu tempo e sua mente. Que te faça bem e te faça esquecer os problemas. Mente ocupada não tem tempo para pensar em mágoas e ressentimentos. Não se preocupe em achar alguém de imediato, deixe que a vida aconteça. Aproveite seu tempo sozinha para aprender a se amar, se valorizar, ser mais você. Isso é dar a volta por cima. Sem joguinhos, sem indiretas e sem mistérios. Apenas siga seu próprio caminho, com um sorriso no rosto e o passado para trás.

Anúncios

5 caras que você ainda vai conhecer

Por: Bruna Vieira

01. Ter um relacionamento com o típico cara errado é como ir à montanha russa. Ele é mais velho, dificilmente participa do seu grupo de amigos e nunca escreve o seu nome nas mensagens românticas que posta nas redes sociais (ou subnick, se ainda usar msn). Você o conheceu por acaso em uma festa. Era para ser só mais uma ficada de final de semana, mas o jeito que todos te encararam quando descobriram o novo affair, deixou tudo um pouco mais interessante. Para suas amigas você não admite que está perdidamente apaixonada. Diz que é só um rolo. Para ele, tenta a cada conversa, aparentar ser diferente de todas as outras garotas. Fala dos seus dotes com o violão, daquela música que você só sabe cantar porque o seu irmão escuta e até arrisca escrever um texto de amor. Tudo parece estar indo bem, até que as histórias mal contadas entram em jogo. Fotos de churrascos em finais de semana que ele disse que ficaria em casa jogando. Mensagens carinhosas de garotas que ele considera como irmãs. Esquecimentos e atrasos se tornam rotina e suas melhores amigas avisam que é hora de pular fora. Quanto mais dizem que ele não é o cara certo, mais você acredita que conseguirá provar o contrário e transformá-lo no príncipe encanado. São só fases e depois de uns cinco caras assim você vai ter certeza disso. O problema é que montanha russa geralmente é o brinquedo mais emocionante do parque de diversões. O que quer dizer que sempre existirá uma fila enorme. Ou seja, sua vez acaba mais cedo ou mais tarde.

02. Ele é bem mais velho que você. Por isso, obviamente, tem muito mais referências de vida. Mais livros, mais filmes, mais viagens, mais histórias para contar em uma roda de amigos. Isso é que o mais te encanta nele e ao mesmo tempo, o que mais te assusta. A insegurança começa no exato momento em que você se pergunta o porque daquele relacionamento, se existem milhares de garotas “tão mais a cara dele” por aí. No reflexo do espelho não é mais você. É a garota que ele se apaixonaria. Seu tempo livre deixa de ser seu. Agora você precisa fazer coisas que ele gosta e isso te deixa exausta toda noite. Cobranças começam a surgir. Encontros em horários em que você deveria estar estudando para a prova de matemática, viagens que os seus pais jamais te deixariam fazer, por fim, o fim. Proclamado por ele, ou talvez, por você. Não pense que tudo isso foi perda de tempo. Uma experiência dessa muda completamente o jeito que você irá se impor nos próximos relacionamentos.

03. Dizem que em cada casal um dos dois guia o relacionamento na maior parte do tempo. Geralmente é quem já teve mais experiências amorosas ou tem uma personalidade forte. Então, em algum momento da sua vida, essa pessoa será você. Seja porque ele é mais novo ou você está em um momento específico da sua vida. Sendo assim, vamos que agora ele é mais novo e está perdidamente apaixonado por você. O que mais te encanta nessa história é a admiração que transparece a cada palavra dita. “Nós aceitamos o amor que achamos que merecemos”. E você finalmente merece ser feliz. Acredita nisso e por esse motivo, faz de tudo para que o desfecho da história seja no mínimo um final feliz. O problema nesse caso é que geralmente ele é imaturo em pontos que são importantes para você. Esse amadurecimento pode acontecer durante o relacionamento, ou em alguns casos, infelizmente, depois dele. Talvez também essa imaturidade tenha a ver com a personalidade do cara. Aí minha amiga, achar que ele deve mudar completamente quem é para se adequar ao seu estilo de vida, te transforma na garota errada.

04.Existe sempre aquele cara que vai aparecer depois de um grande amor ainda não superado totalmente. Ele é fofo, suas amigas dizem que é o homem da sua vida, mas nada disso o transforma no cara que faz o seu coração acelerar instantaneamente. No máximo, alguém que o acalma toda noite e faz cafuné nos seus fios de cabelo bagunçados enquanto você dorme. Ele vai te olhar por horas depois disso. Relacionamentos que começam quando outros ainda não terminaram, normalmente, acabam mal. A sinceridade é algo tão importante quanto o próprio sentimento. Ouvir um eu te amo e perceber que aquele sentimento também existe dentro de você, mas é por outra pessoa, machuca é pesa na alma. Isso não quer dizer que você não pode se envolver com ninguém enquanto estiver se recuperando do último relacionamento, mas mostra o quanto é importante falar sempre a verdade. Sem esse muro que a culpa cria, fica muito mais fácil descobrir que o ele pode de te fazer tão feliz quanto o outro.

05.Poucas garotas tem a sorte de ter um melhor amigo de verdade do sexo masculino. Normalmente, garotos da nossa idade com essa sensibilidade e maturidade, não se interessam pelo tipo de relacionamento que esperamos. O melhor amigo homem e hetero é bem parecido com aquele estereótipo de protagonista de filme (comédia romântica). Vive suas histórias rápidas, se apaixona pela garota errada (geralmente sua outra melhor amiga que não da a mínima), faz tudo certo na hora errada e vem pedir conselhos adivinhem para quem? Isso mesmo. Você. Dizer tantas vezes que alguém legal vai aparecer acaba fazendo com que você se torne essa pessoa. Ou pense ser. Até aí tudo perfeito. Ele te conhece como ninguém, seus pais o adoram e na rua, todos já achavam que vocês eram um casal. Nenhuma novidade.  O problema começa a surgir quando um ou o outro, pensa que mudar o status para namorando é algo que vai transformar o mundo. Nada disso. Na verdade, a cumplicidade, o carinho e o respeito devem continuar exatamente do mesmo jeito. É mais complicado que parece, mas o sentimento de posse pode estragar tudo. Não é porque você conhece alguém especial, faz essa pessoa feliz e está um relacionamento, que você se torna dono dela. A lição que fica dessa história é que nem sempre ter razão é a coisa mais importante.

Pra seguir em frente:

Por: Karine Rosa

Eu segui em frente. E o que mais eu poderia fazer? Quebrar a casa, desarrumar o quarto, jogar tudo o que me lembrava de você fora? E de que isso ia adiantar? Isso é coisa de gente que não tem mais o que fazer, minha mãe diria. No outro dia, eu acordaria e você continuaria aqui. Eu poderia ter ficado agarrada a minha cama, poderia ter parado de comer, poderia até mesmo ter deixado de sair com meus amigos. Você sabe, essas coisas que a gente faz quando sai dizendo por aí que está deprimido. Mas minha depressão nem tentou ser mais forte que você. No fundo, eu sabia, não importava o que eu fizesse, você não largaria o posto, não abandonaria totalmente meu coração. Por algum motivo doentio, eu sei que você estará gravado em mim de um jeito meio que permanente. Eu sei que vou esbarrar com você depois de anos e sentir uma pontada na boca do estômago. Conheço bem o diagnóstico. Chama-se: falta do que não foi.

Não, eu não sinto saudade do nosso passado. Tenho carinho, talvez, mas me lembro bem dos motivos que nos fizeram terminar. Ainda me lembro dos nossos gritos, ainda guardo os motivos das nossas brigas e amargo o gosto das minhas lágrimas. Sei bem que acabamos porque tínhamos que acabar. Mas e tudo aquilo que a gente jurou que ia ser? A gente jurou que ia ser feliz. Que acho que foi nossa promessa mais irresponsável. Como é que se promete algo assim para o outro? “Eu vou te fazer feliz?”. A gente jurou que ia arrumar as coisas, viajar o mundo, conhecer lugares. Juramos que seríamos um casal de sucesso. Olha isso: a gente jurou até que ia se amar para sempre. Talvez seja isso o que dói: cadê o amor que a gente jurou que ia ter?

Sinto falta das coisas que poderíamos ter sido. E acho que você não sai de mim exatamente por esse nosso futuro prometido que não me abandona. Eu sei, eu sei, eu poderia ter chorado muito. Você vive dizendo que eu não sofri tanto, que superei rápido, que logo estava com outro. O que você queria que eu fizesse? Morresse, me descabelasse, chorasse até não aguentar? É, eu poderia ter feito isso, mas ia fazer passar? Já disseram por aí e eu repito: a vida não para, eu continuei tendo que ir para a faculdade, continuei tendo que trabalhar, pagar as contas, sorrir e ser simpática com as pessoas. Você era importante, mas novidade: há vida além de nós dois.

Não, não vou dizer que te esqueci. Não vou mentir que passou. Pra que tudo isso? Pra que fingir que você não foi nada, que amar você não foi quase tudo e que te perder não me doeu? Só eu sei o buraco que nossa história deixou em mim. Só eu sei como tive que respirar fundo, engolir em seco e seguir a vida. Seguir-a-vida. Não é pecado, eu juro. Foi só o que me restou fazer. Mas esquecer você de vez? Em outra vida, quem sabe.

 

Passo a passo – unhas degradê

Olá …

Hoje vim postar um passo a passo das unhas degradê para vocês, quem olha na unhas da mulherada; acham difícil de se faze,mas não é tão difícil como vocês imaginam:

Material :

  • 2 tonalidades de esmaltes
  • 1 esmalte base (tanto faz como, branco, renda ou qualquer um bem clarinho),
  •  um top coat não importa a marca,
  • um pedaço de esponjinha,
  • pau de laranjeira,
  • acetona,
  • água.

Como fazer :

1 – Aplique uma camada do esmalte base em suas unhas e espere secar.

2 – Em uma superfície, coloque as duas tonalidades dos esmaltes e misture com ajuda do palito as extremidades.

3 – Com a esponja carimbe a unha, posicionando a parte mais escura na ponta da unha. Você pode carimbar mais de uma vez para dar uma misturada, ou para ficar mais escuro.

4 – Limpe retirando os excessos de esmalte em torno da unha.

5 – Aplique uma camada de top coat e está pronta sua unha linda para arrasar !

Image

Pronto! Fácil, e fica super diferente! Arrasem garotas !!!!!!
OBS : para aquelas que não sabem sobre o esmalte top coat ,fiquem ligadas no próximo post ,pois vou reservar ele só para falar do esmalte.

Beijos e abraço Gabriella Gregorio

Meus presentes de NATAL!

oooi,

Desculpa pela demora, faz alguns dias que disse que ia fazer esse post, bem eu ia fazer antes mais ai eu tive que sair. Eu não ganhei muitaaa coisa, e nem estava esperando ganhar porque eu pedi algumas outras coisas que são bem mais caras e que vão chegar daqui alguns meses.

Bom, eu ganhei algumas roupas, um creme, esmaltes,  uma bolsa, colares e blá blá blá.

E a unica coisa que eu pedi e coloquei no post de “10 coisas para pedir de Natal” foi a havaianas da Minnie que foi o meu irmão que me deu,e que foi um sacrificio pra achar!
Bem, é só isso!

Beijooos
Milena Kuba

O que é amar ?

Amar é olhar para dentro de si mesmo e dizer: eu quero é viver intensamente. É sonhar com uma gota de realidade é realizar uma gota desse sonho. É estar presente até na ausência. Amar é ter em quem pensar. É uma razão que ninguém teria razão de tirar. É ser só de alguém e não deixar esse alguém só. É pensar em você tão alto ao ponto de você escutar. Amar é ir até a morte, é acordar para a realidade do sonho, é vencer através do silêncio. É ser feliz até com um pouco quando muito não é o bastante. Amar é dar anistia ao coração. É sonhar o sonho de quem sonha com você. É sentir saudade, é chegar perto da distancia. Amar é a força da razão, é quando os momentos são eternos. Amar é viver a vida em versos e o inverso.                                  Seguir em frente e o passo principal, não ficar relembrando de nada do passado e sim do presente, pois teu futuro vem pela frente! 

Image

por Gabriella Gregorio

Viva a Vida

“Sonhe com o que você quiser. Vá para onde você queira ir.
Seja o que você quer ser, porque você possui apenas uma vida
e nela só temos uma chance de fazer aquilo que queremos.
Tenha felicidade bastante para fazê-la doce. Dificuldades
para fazê-la forte. Tristeza para fazê-la humana. E
esperança suficiente para fazê-la feliz.”
Clarice Lispector

Beijoos
Por: Milena Kuba

 

Amor ou Amizade ?!

Como descobrimos se o que sentimos é amizade ou amor, é difícil desvincular uma da outra, pois amor é amizade a maioria das coisas e comum pois você sempre esta do lado contanto com o que for preciso, ajudando em tudo como se fosse seu ”melhor amigo” e namorado não e só isso sim e os dois e muito mas ao mesmo tempo, mas como saber que o carinho mais especial que o normal, a admiração é amor?
Como saber que aquele olhar já não é mais o mesmo que antes, que quando as peles se tocam, é como se um frio gelado percorresse todo o seu corpo.

Como saber se é amor mesmo, ou uma empolgação momentânea, devido a carência, solidão como saber se em alguns dias o que sentimos continuará igual, e se estamos sendo correspondidos na mesma proporção.
Como não deixar que um sentimento, mate o outro? Como sair de tudo isso sem ressentimentos, lágrimas e rancor?
Como deixar as coisas acontecerem sem medo de estar perdendo algo em sua vida. como dominar os sentimentos para que realmente possamos fazer as coisas certas.
Muitas vezes nos deparamos com o inivitável, pois muitas vezes de uma amizade nasce um amor mas em outras do amor nasce uma grande e profunda amizade.
Mas nada e sempre como pensamos, queremos um sofremos por essa pessoa chora por ela resumindo mata&morre por ela e depois mas para frente fica sabendo que não foi preciso nada disso pelo outro ”cara” pois a tua alma gemia esta em sua frente, e ter calma e paciência  pois um dia todo munda acha sua, esse dia pode demora mas jamais sofra por uma pessoa que não mereça nem um pouco de sua lagrima!
Todo mundo já teve vontade de jogar tudo para o alto, como se não estivesse acontecido nada e seguir em frente, mais isso não vale apena pois afinal você sempre luto por esse NAMORO OU AMIZADE para uma discussão qualquer você fazer isso jogar tudo para cima, como se vocês estivesse se conhecido no mesmo momento !

Image

Apenas ame, curti a sua vida que ninguém aqui e Deus para saber o dia de amanha viva tudo que tem que viver seja feliz HOJE não deixe nada para o dia seguinte ! 

ps: meio escroto esse texto que escrevi mas meio que romântico e realista ao mesmo tempo ! :S
Por hoje e só, beijos !
Por: Gabriella Gregorio

Distância ?!

“Distância. O que essa palavra te lembra? O que essa palavra significa pra você? Ela de alguma forma tem algum efeito sobre você? Ela te fere?Ela te irrita? Ela te faz quase perder a cabeça?Bom, no meu caso, ela me fere e ela acaba com a minha vida mas acaba de uma forma tão drástica que me deixa mal, mas me deixa muito mal mesmo e parece que nunca vai acabar. Parece que sempre vai ter essa distância pra me impedir de ver todos aqueles que eu amo, aqueles amigos que mesmo longe, são verdadeiros são fiéis e eu sei que serão eternos. Dói muito saber que os verdadeiros e únicos sempre estarão longe com tantos filhos da puta perto. A distância pode ser o quão filha da puta for mas ela nunca será capaz de impedir o meu amor por eles. Ela nunca poderá separar as nossas almas e os nossos corações, porque apesar de tudo, a nossa amizade, a nossa fé e o nosso amor é maior que tudo isso. É maior que quilômetros de distância, ela vence tudo e não há distância e nenhuma inveja que possa impedir a nossa amizade. E tenho os melhores amigos do mundo — modéstia parte é o caralho — eles são os melhores mesmo. E hoje, eu bato no peito com o maior orgulho do mundo pra dizer que eu sou feliz só pelo fato de existirem e saber que além de todos os obstáculos nossa amizade continua mais forte que nunca e que nem a falta vai poder acabar com ela, nada e nem ninguém é capaz de me separar deles. A distância é a minha arquiinimiga mas infelizmente eu não posso fazer nada pra tirar ela de uma vez por todas da minha vida ela sempre vai estar aqui mesmo que eu não queira, me irritando como sempre. Mas eu não meço esforços e nem distância pra amar eles. Essa é a maior prova de que amizade virtual é real e distância é só apenas um detalhe, um detalhe doloroso mas ela é inútil perto do meu amor que sinto por eles. Além de tudo, eles são eternos.”

Laura Guedes  

Medo de amar

 

 

Medo de amar? Parece absurdo, com tantos outros medos que temos que enfrentar: medo da violência, medo da inadimplência, e a não menos temida solidão, que é o que nos faz buscar relacionamentos. Mas absurdo ou não, o medo de amar se instala entre as nossas vértebras e a gente sabe por quê. O amor, tão nobre, tão denso, tão intenso, acaba. Rasga a gente por dentro, faz um corte profundo que vai do peito até a virilha, o amor se encerra bruscamente porque de repente uma terceira pessoa surgiu ou simplesmente porque não há mais interesse ou atração, sei lá, vá saber o que interrompe um sentimento, é mistério indecifrável. Mas o amor termina, mal-agradecido, termina, e termina só de um lado, nunca se encerra em dois corações ao mesmo tempo, desacelera um antes do outro, e vai um pouco de dor pra cada canto. Dói em quem tomou a iniciativa de romper, porque romper não é fácil, quebrar rotinas é sempre traumático. Além do amor existe a amizade que permanece e a presença com que se acostuma, romper um amor não é bobagem, é fato de grande responsabilidade, é uma ferida que se abre no corpo do outro, no afeto do outro, e em si próprio, ainda que com menos gravidade. E ter o amor rejeitado, nem se fala, é fratura exposta, definhamos em público, encolhemos a alma, quase desejamos uma violência qualquer vinda da rua para esquecermos dessa violência vinda do tempo gasto e vivido, esse assalto em que nos roubaram tudo, o amor e o que vem com ele, confiança e estabilidade. Sem o amor, nada resta, a crença se desfaz, o romantismo perde o sentido, músicas idiotas nos fazem chorar dentro do carro. Passa a dor do amor, vem a trégua, o coração limpo de novo, os olhos novamente secos, a boca vazia. Nada de bom está acontecendo, mas também nada de ruim. Um novo amor? Nem pensar. Medo, respondemos. Que corajosos somos nós, que apesar de um medo tão justificado, amamos outra vez e todas as vezes que o amor nos chama, fingindo um pouco de resistência mas sabendo que para sempre é impossível recusá-lo.

Laura Guedes