Guia de Profissão- Moda:

No mercado há 28 anos, a professora Raquel Valente, coordenadora do curso de Moda da Faculdade Santa Marcelina, em São Paulo, sabe que a profissão desperta fantasias em quem está decidindo a carreira que vai seguir. “Muitos estudantes acham que fazer moda é apenas o glamour da passarela, mas logo descobrem que é uma profissão como outra qualquer, com todas as dificuldades e recompensas”, diz.[fonte: terra] Segundo a estilista Teca Pasqua, que organiza o NOVO Expressão Moda, projeto voltado para novos profissionais, “moda está na moda”: Para ela, a faculdade é importante para dar uma base, mas ela não garante a entrada no mercado de trabalho nem dá ao estudante um diferencial: “é importante ter uma base, mas depois disso, você tem que se desenvolver. Não adianta fazer artes se te impõem limites e é isso o que a faculdade faz. Na aula de desenho, por exemplo, existe um modelo a seguir
ao invés de te ensinarem a fazer os seus próprios.” [Fonte: Oba Oba]

  1. Habilitação: Bacharel em Moda
  2. Duração do Curso: 3 a 4 anos
  3. Area: Humanas
  4. Atributos do Profissional: Criatividade e Sensibilidade

O curso:
Curso de Moda focado em Arte / Estilismo: O foco do curso será arte, desenho e a criação de coleções de roupas, ideal para quem tem perfil sensível e criativo. O aluno também irá estudar muita teoria sobre a história da arte. É o curso de moda padrão, forma estilistas.
Curso de Moda focado em Gestão: O foco do curso será a gestão de negócios, gestão de pessoas e de marketing, ideal para quem gosta de moda e tem um espírito de liderança e independência. É o curso de moda para quem quer abrir uma empresa, boutique ou confecção.
Cursos de Moda Direcionados: Há também cursos de moda bem específicos para quem sabe exatamente onde quer trabalhar, como por exemplo curso de moda para o carnaval, onde o aluno vai estudar a aprender técnicas para desenhar alegorias ou então o curso de moda e fotografia.[Fonte: Guia de Carreira.]


De Olho nas tendências Mundiais

“Trabalho como fashion designer em uma confecção e sou o ponto de partida no processo de produção das peças. Começo o meu dia com a fase da pesquisa. Procuro saber quais são as tendências mundiais, leio sobre novos materiais, design e até mesmo sobre novela. Toda informação é válida e pode resultar em ideias e soluções. No momento de criar a peça, eu desenho a mão e depois passo para o computador. Gosto de ter os dois desenhos, para que a modelista não tenha dúvidas sobre como fazer a peça. Também defino aviamentos, tecidos e cor de linha, além de fazer a prova da peça-piloto para corrigir a modelagem e melhorar o produto final. Durante o dia, ainda preciso de tempo para atender representante , que trazem novos tecidos e materiais. O maior desafio é lidar com os problemas que surgem e encontrar alternativas para superá-los.” Pollyanna Ponte, 24 anos, de são josé do rio preto (SP) [Fonte: Guia do Estudante.]


Mercado De Trabalho
A indústria da moda continua crescendo e busca tanto bacharéis quanto tecnólogos para atender às mais diversas etapas da cadeia produtiva. De acordo com a Global Language Monitor, empresa de pesquisa de tendências, São Paulo ocupa a liderança na América Latina na lista de capitais da moda. No mundo, é a décima colocada. “É um mercado em constante evolução. Exportamos não só tendências, mas também as técnicas de desenvolvimento e produção de moda”, diz Sandra Pekal, coordenadora do bacharelado em Design de Moda do Centro Universitário Belas Artes, em São Paulo. Os segmentos de moda masculina, infantil, praia e de lingerie são
os mais carentes do profissional, que é chamado para trabalhar na área produtiva, de criação de estampas, desenvolvimento de coleções e produção. O planejamento e o gerenciamento de marcas com base em pesquisas de comportamento e consumo, a criação de tendências e a gestão de materiais também são setores fortes. A capital e o interior paulistas oferecem o maior número de vagas. Na Região Sul, malharias e indústrias de calçados costumam contratar os graduados. [Fonte: Guia do Estudante]

Grade Básica do Curso de Moda

  • Fotografia
  • Desenho Artístico
  • História da Arte
  • Estilismo
  • Marketing básico
  • Antropologia
  • Técnicas de Ourivesaria ( produção de jóias )
  • Psicologia básica
  • Técnicas práticas de corte e costura
  • Desfile e Modelismo Especializações da Carreira em Moda

Especializações da Carreira em Moda

Dependendo do perfil do profissional ele pode optar pelas seguintes especializações dentro da carreira de moda:

  •  Personal Stylist: O profissional de moda personal stylist trabalha ajudando clientes específicos ( artistas, cantores, atores, modelos, etc… ) cuidando da imagem e do estilo pessoal do cliente. O personal stylist cria e combina roupas de acordo com a personalidade e tipo físico do artista garantindo que ele sempre esteja na moda.
  •  Consultor de Moda para Lojas: O profissional de moda que trabalha como consultor de lojas presta consultoria para boutiques decidindo quais roupas e quais coleções comprar para vender, tudo de acordo com o tipo da loja e o tipo de público.
  •  Estilista: O estilista, considerado por alguns o principal profissional de moda, trabalha criando e desenhando novas coleções de roupas, lançando sempre novas tendências para a Primavera, Verão, Outono e Inverno.
  • Fotografo de Moda: O fotografo de moda é o profissional de fotografia especilizado em produzir fotos de modelos masculinos e femininos. Ele pode trabalhar produzindo ensaios para revistas de moda, catálogos, anúncios de publicidade e até mesmo revistas masculinas.
  • Produtor de Desfiles: O produtor de desfiles atua como o grande gerente e responsável pela organização dos desfiles de moda cuidando de detalhes tais como organização do espaço, transporte de equipamentos e modelos e também a contratação dos outros profissionais tais como os fotógrafos.
  • Escritor de Moda: O escritor de moda atua acompanhando as tendências mundiais de moda e escrevendo matérias para revistas ou então blogs.[Fonte: Guia de carreira.]

Salário inicial: a partir de R$ 1.000,00 (assistente de estilo); R$ 2.500,00 (estilista); fonte: profa. Valeska Fonseca Nakad, do Belas Artes. [Fonte: Guia do Estudante]

Carreira em Moda: Aspectos Favoráveis

Além dos trabalhos tradicionais como estilista, a demanda por consultores de moda está crescendo bastante devido a expansão e sofisitacação do mercado Brasileiro.
Artistas, políticos e personalidades estão também procurando muito por personal stylists, hoje em dia é praticamente obrigatório que cada artista tenha o seu.
A cidade de São Paulo, o grande polo da moda Brasileiro, atualmente é o local com maior número de vagas para profissionais de moda graduados.

Carreira em Moda: Aspectos Desfavoráveis

O grande aspecto desfavorável da carreira de moda é o mesmo aspecto que persegue todas as carreiras artísticas: não há sucesso e fama suficientes para todos os
profissionais, somente alguns vão passar a ser reconhecidos e ganhar rios de dinheiro.
Outro aspecto desfavorável é a grande competição na carreira de estilista, o profissional tem que ter muito estilo, criatividade, personalidade e trabalhar duro para
garantir o seu lugar ao sol.[Fonte: Guia de carreira.]

 

Anúncios

2 comentários sobre “Guia de Profissão- Moda:

  1. ótimas dicas!! fiquei em dúvida agora se quero ou não fazer facul de moda…. rsrs mas mesmo assim, gostei bastante das dicas!!!!!!!!!!!!!!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s